segunda-feira, 14 de março de 2016

Carros Legais Para Investidores Pobres

Eu fico ás vezes olhando alguns carros na rua e fico com vontade de diminuir meu patrimônio para ter um, principalmente quando tenho que acordar de manhã e ainda ir em pé em ônibus lotado, fico vendo carros na faixa dos 11k,12k e sempre me passa pela cabeça de comprar um, mas sempre me lembro de que carro não bastar comprar e acabou, junto do carro vem vários outros gastos que fodem o investidor pobre na luta por um lugar ao Sol.

Junto do carro vem gasolina que será gasta quase que diariamente, a menos que for um carro de garagem, mas se for só pra manter na garagem nem compensa comprar, vem também IPVA, multas ocasionais, seguro que hoje em dia é necessário ter, a menos que você queira ter o carro roubado e ter que comprar outro, tudo isso me tiraria pelo menos uns 7 anos para acumular o patrimônio que pretendo ter, mas ao pensar isso penso em carros legais que dariam mais conforto e maior força para continuar investindo, que carros seriam esses?

Palio Fire 01/02: Fico vendo esse carro e por ser um carro legal, de manutenção barata, e gasta pouca gasolina, fico com vontade de ter, seria um bom carro pra um investidor como eu, com meu salário, fico olhando alguns conservados e pensando que eu poderia a qualquer hora tê-lo pra mim.



Gol geração 3: Também gosto muito desse carro, tem uma manutenção boa e barata e ainda é mais barato que Palio, bate uma grande vontade de me dar de presente.






Astra Hatch 01/02: Porra, baita carro, um pouco mais caro que os outros dois e também bebe mais gasolina, mas esse carro me daria uma alegria muito grande em possui-lo, muito confortável.






Corsa  01/02: Carro legal também, muito confortável e ainda tem força, o único problema é que bebe pra caralho, mesmo se eu tivesse o de 15 anos atrás ele pareceria novo, manutenção barata.






Alguns haters vagabundos dirão que estou indo a favor da Matrix, mas eu digo que isso é só um pensamento e que não pretendo comprar carro agora, estou dizendo que esses carros são meu gosto pessoal de acordo com minha atual renda e patrimônio, '' hurr durr quer comprar um popular '', '' hurr durr seu alienado '', não estou dizendo isso seu imbecil, estou dizendo que esses carros para MIM estariam legais pois eu poderia mantê-lo com minha renda, mais seria difícil para continuar aportando, é óbvio que eu gostaria também de ter um conversível de 300k, mas isso está bem longe de nossa realidade, quem sabe futuramente?

Mas se você deseja ter um carro um desses seria  interessante, pobres que querem deixar essa vida dura de ônibus público todos os dias, se você conseguir manter o aporte e ainda mantê-los na minha humilde opinião vale a pena, pelo menos serve como transporte e ainda te traz um pouco mais de força e paz de espirito para continuar lutando pelo sonho.



Grande Abraço.




sexta-feira, 4 de março de 2016

Porque Redes Sociais mexem tanto com nossa mente?


As redes sociais estão o tempo inteiro em nossas vidas, nos influenciando em nossas ações, seja essas ações para o bem ou para o mal, elas tomaram uma grandiosidade muito grande e 80% população mundial tem pelo menos 1 rede social ativa, algumas pessoas se tornaram praticamente escravas delas, sua vidas são baseadas em fotos para tentar emular um personagem bem-sucedido e feliz, crianças, homens, mulheres, idosos estão neste exato momento fazendo o possível para demonstrarem sucesso através de fotos seja de uma viagem, barzinho, de um momento bom que acontece poucas vezes, alguns parcelam uma viagem em 24x para Nova York outros gastam seus salários de 2k em uma única noite pra postar no Instagram, e o restante do mês fica pedindo dinheiro emprestado.

Eu usava muito as redes sociais quando adolescente, lembro quando começou o Orkut, todo mundo queria ter, e o pior se achavam superior a quem não tivesse, essa já era uma demonstração de como redes sociais conseguem mexer com o psicológico de algumas pessoas, depois veio o Facebook com força total que foi quando começou a unir pessoas do mundo todo, trazendo a chamada globalização, nesse século 21 a socialização se tornou algo praticamente obrigatório, e a possibilidade de se tornar '' famosinho '' mexeu com a mente de algumas pessoas que de maneira irracional começam a gastar seus baixos salários ( típicos da economia brasileira ) em experiências para tentar passar uma imagem de felicidade, não estou dizendo que tirar fotos de coisas legais seja completamente errado o problema é quando isso começa a ultrapassar os limites, como: subir em arranha-céus ou locais muito altos para tirar selfies, a pessoa tem a burrice de arriscar a própria vida para passar uma imagem falsa de coragem, de emoção e não receber nada em troca.




 E o Instagram é o maior no quesito de tentar demonstrar alegria, socialidade, progresso financeiro muitas dessas tentativas mexem com algumas pessoas que passam a acreditar que aquela pessoa é simplesmente sensacional, conheço pessoas que tem Instagram e em suas fotos elas parecem pessoas sensacionais, mais na vida real não passam de pessoas comuns com uma vida monótona que fazem questão de registrar algo que acontece de vez em quando como se ocorresse sempre, eu poderia muito bem fazer isso, pois de vez em quando faço algo legal e se eu tirasse fotos pareceria que sou um cara fodão, mas eu saberia no meu interior que estou mais para fracassado do que para vencedor, eu apenas faria uma imagem irreal do que eu realmente sou e nada eu ganharia com isso, eu seria só mais um fracassado fingindo sucesso através de bons momentos que acontecem poucas vezes.


Esse cara costuma subir em lugares muito altos e perigosos para tirar selfies

A vontade de ser visto e ao mesmo tempo valorizado por sabe-se lá quem tem levado um grandioso números de pessoas a cometerem essas extravagâncias seja arriscando a vida ou torrando o suado salário para fingir ser algo que não levará a nada a não ser a frustração.



Grande abraço!